PORQUE ENTENDEMOS QUE NOS BLOG'S DEVE HAVER UMA MAIOR SERIEDADE E TRANSPARÊNCIA, DECIDIMOS SÓ ACEITAR COMENTÁRIOS DE COMENTADORES IDENTIFICADOS
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
"Só existem dois tipos de Homens no Mundo, os que deixam obras feitas e os que nada fazem, apenas criticam."

S.C. Borbense G.U.V.B. E.F.F. S.C.B. Barbus Futsal Barbus Atletismo

AVISO: O BLOG DA FORÇA AZUL É UM BLOG PESSOAL, E NÃO É O BLOG OFICIAL DO S.C. BORBENSE. TUDO O QUE AQUI FOR PUBLICADO É DA MINHA TOTAL RESPONSABILIDADE. OBRIGADO PELA COMPREENSÃO

segunda-feira, outubro 08, 2012

Borbense começa com derrota caseira

A equipa do S.C. Borbense recebeu este Domingo a equipa do Sporting Viana do Alentejo e perdeu por 0-2 em jogo a contar para a 1ª Jornada da Divisão de Honra do Distrital de Évora.


Numa bela tarde de sol em Borba, começou o Campeonato Distrital desta nova época, e á semelhança do jogo do ano passado, em que estas equipas também se defrontaram neste campo, na mesma jornada, o resultado também foi o mesmo, pois o Sporting Viana veio novamente ganhar a Borba por 0-2.
O S.C. Borbense treinado pelo Mister Caldeira alinhou com Jão Espiguinha; Tiago, Luis Espiguinha, Valter e Márcio; Luis Mendes, Rikas e André; Nham Nham, Carapinha e Dédé. Entraram depois no decorrer do jogo o Ruca, Zé Grego e Bimbo.
A equipa do Sporting Viana treinada pelo Mister Nuno Canelas, alinhou com Majó; Marinho, Setubal, Dany e Xixa; Teigão, Gonçalo Oliveira e Conchinha; Elizito, Baba e Bitó. Entraram depois na segunda parte o David Candeias, Luis Rodrigues e Bruno.


O jogo começou equilibrado e com o Borbense a tentar jogar mais perto da baliza adversária, mas seria dos visitantes a primeira oportunidade de golo, num remate que levou a bola a embater na barra. Com este lance o Sporting Viana ganhou confiança e criou vários lances de perigo, quase todos pela direita onde Baba criava desequilibrio. O Borbense também teve uma grande oportunidade, num pontapé de canto em que aparece Luis Mendes a cabecear muito bem para defesa de Majó, mas depois na recarga Luis Espiguinha a não aproveitar e a rematar por cima. Estávamos já no ultimo quarto de hora da primeira parte e houve uns minutos loucos, pois Bitó aparece isolado na cara de Jão Espiguinha, e este muito bem a defender, e logo na jogada seguinte foi Carapinha que aparece isolado na cara do guarda redes vianense, mas também a não conseguir marcar. A bola não entrava de perto, tentou-se de longe, e Bitó num remate cruzado consegue chegar ao golo e inaugurar o marcador. Até ao intervalo pouco mais houve a destacar e as equipas seguiam para os balneários com vantagem visitante.
Na segunda parte o Borbense arriscou mais e fez entrar Ruca e Zé Grego em busca da igualdade, mas o Sporting Viana constinuou a ser mais forte e viria a matar o jogo numa boa jogada pela esquerda, em que Luis Rodrigues cruza forte e Baba encosta em cima da linha. A perder por dois golos de diferença, Mister Caldeira arrisca tudo e coloca Valter também na frente, mas o jogo estava muito aberto sem que a equipa azul e branca conseguisse marcar, e abrindo muitos espaços cá atrás para os rapidos contra-ataques com Baba e Elizito sempre muito bem lançados por Conchinha. Já não haveria mais mudanças no marcador e chegávamos ao final com a vitória para o Sporting Viana por 0-2.

Não foi uma boa estreia para a equipa do S.C. Borbense no Campeonato deste ano, mas já na época passada também começou assim e depois conseguiu uma grande vitória em Canaviais. Este ano o próximo jogo será em Lavre, já no próximo Domingo, e o S.C. Borbense vai trabalhar para conseguir ir a Lavre buscar os 3 pontos e compensar esta derrota caseira.

Os resultados da 1ª Jornada foram:

S.C. BORBENSE 0 - Sporting Viana Alentejo 2
Calipolense 3 - Desp. Portel 1
Oriolenses 3 - S.C. Bencatelense 2
C.F. Estremoz 0 - L.C.D. Arraiolense 2
Desp. Cabrela 3 - Redondense 0
Santiago Maior 1 - Lavre 3
Escouralense 1 - Perolivense 1

Classificação:

1º - Desp. Cabrela - 3 pontos
2º - Calipolense - 3
3º - Lavre - 3
4º - Arraiolense - 3
5º - Sp. Viana Alentejo - 3
6º - Oriolenses - 3
7º - Perolivense - 1
8º - Escouralense - 1
9º - S.C. Bencatelense - 0
10º - Santiago Maior - 0
11º - Desp. Portel - 0
12º - C.F. Estremoz Perolivense - 0
13º - S.C. Borbense - 0
14º - Redondense - 0

16 comentários:

Cabrela disse...

Cabrela, surpreende e muito, podia e merecia ter goleado...

Fora-de-jogo mal tirado, 2 bolas ao poste, 1 bola à barra, e mais 1 ou 2 grandes intervenções do GR, juntando a isto, na parte final a 2 bolas tiradas em cima da linha de golo...

Redondense dominado do inicio ao fim...

Árbitro era muito amigo de apitar a tudo o que fosse a favor do Redondense, a favor do Cabrela, era sempre na bola...Fiscal de linha do lado da bancada, tirou muito mal um fora-de-jogo a Tó Melgueira, que o deixava isolado...

Cabrela disse...

ORAA CÁ ESTÁ, O " RESPEITO EXACERBADO" PELO CABRELA DAS ULTIMAS 4 POSIÇÕES!
CABRELA 3-0 REDONDO, DOMINIO TOTAL!

António teles disse...

ora bem, o nosso borbense a tentar jogar bem, mas o valor do adversário dita o resultado, de resto todos os resultados dentro os conformes, menos aqueles 3-0 que nao faço ideia do que para ali está, estranho. calipolense tem boas hipoteses de se chegar a frente nos 3 primeiros lugares, perolivas mostra que tambem está cá para surpreender! e lutar pelo titulo!

blog do Santiago Maior disse...

Santiago Maior 1 – 3 Lavre


O Santiago Maior recebeu hoje a equipa de Lavre no 1º jogo oficial da época 2012/2013 a contar para o Campeonato Distrital da Divisão de Honra da AF Évora.
Jogo este que o Santiago perdeu por três bolas a uma.
Neste jogo a equipa da casa começou muito mal permitindo que a equipa de Lavre se adianta-se no marcador logo no inicio através de uma grande penalidade.
Com a equipa a tentar recuperar a desvantagem foi o lavre que voltou a marcar, desta vez, através de um livre directo.
Sem passar muito tempo, o Lavre aumentou a contagem para 3 bolas a zero. quando parecia que tudo ia desmoronar , Guilherme através de um grande pontapé de fora da área volta a dar esperanças a equipa da casa fazendo o 1-3 ainda na 1ª parte.

Na segunda parte o Santiago Maior tentou desesperadamente dar a volta ao resultado, criando alguns lances de perigo mas sempre sem sucesso. Ficando assim o resultado final fixado em 1-3.


O 11 inicial do Santiago Maior Foi:
•André Roques •Luis Mendes •André Varzea •António Serra
•José Moreira (CAP)
• César {}
•José Perdigão
• Guilherme G {}
•Pedro Romeiro
•Joaquim Miguel
•Fábio

No banco de suplentes estava:

» Luis Pernas
» Vitor Perdigão{}
» Adriano {}
» Rui Bia
» Nélson Carmona
» Tonhico {}
»Duda

blog do Bencatelense disse...

Derrota injusta

O S.C.Bencatelense foi esta tarde ao campo do Oriolense disputar a 1;jornada do campeonato distrital e o resultado foi de 3-2 (golos por Luis Marmelo g.p e Filipe )

blog do Arraiolense disse...

Seniores: Estremoz 0-2 LCDA

Na primeira jornada da divisão de honra o LCDA visitou o Estremoz saindo com uma vitória justa por 2-0. A equipa da casa apenas criou duas ocasiões claras de golo em todo o jogo e as duas ainda na primeira parte, um cruzamento com o avançado a falhar à beira da baliza e um penalti ( inexistente ) defendido por Flávio. O LCDA dominou o jogo praticando bom futebol perante uma equipa que utilizava com frequência o jogo directo. No inicio da 2ª parte a equipa da casa ficou reduzida a 10 elementos após expulsão por agressão a João do Carmo. Pouco depois outro jogador da casa devia ter sido expulso por protestos mas o árbitro perdoou o vermelho.Com mais um jogador o LCDA marcou dois golos de belo efeito e poderia ter marcado mais alguns dadas as oportunidades criadas.

LCDA:
Flávio, Dico, Rui Martins, Nuno Reis, Nuno Gervásio, Ricardo Ferreira, Marco Soldado, Rui Roque (Luis Angelino), João do Carmo (Daniel), Márcio e Pedro Pimpão (Bruno Machado).

Suplentes não utilizados: Sérgio, Albano, Pedro Pontes e João Ravasqueira.

Golos: Márcio e João do Carmo

Jogador do bencatel disse...

Correcçao, golo do bencatelense pertence a André Rocha e nao a Luis Marmelo

Siquenique disse...

Oriolenses 3-2 Bencatelense
(Balão, Fábio Neves, Cainó);(André Rocha, Filipe)

Borbense 0-2 Sp. Viana Alentejo
(Bitó, Baba)

Santiago Maior 1-3 Lavre
(Guilherme);(Bruno Silva (2), Pedro Maçã)

Escouralense 1-1 Perolivense
(????);(Rubén Falé)

Estremoz 0-2 Arraiolense
(Márcio, João do Carmo)

Calipolense 3-1 Portel
(Parraça (2), Pipoca);(Cuco)

Cabrela 3-0 Redondense
(João Carrasco (2), Jorginho)

diacono remedios disse...

epa, por momentos pensei que a tabela era a da 1ª divisão do ano passado lol lol lol
das piores coisas que pode afetar um ser humano,uma delas é, não se ter noção das realidades e embandeirar em arco. Foi só a primeira (jornada). Aguardemos serenamente pelos proximos capitulos. Ou muito me engano ou vai começar a haver algumas descidas de pés à terra e percepção da realidade.
Cumprimentos, até já...

blog do C.F. Estremoz disse...

ERROS PAGAM-SE CARO...



Para o arranque da Divisão de Honra, o CF Estremoz recebeu no seu estádio a equipa recém promovida do escalão inferior, o Arraiolense. Numa tarde de muito calor e com algumas alterações forçadas devido a lesões, principalmente na zona defensiva, os encarnados entraram no jogo algo apáticos, mas com maior posse de bola, talvez também beneficiando de algum receio em arriscar por parte da equipa visitante. Com o decorrer da 1ª parte o Arraiolense foi equilibrando o encontro, mas só conseguiu criar alguns momentos de apuro para a defesa da casa em lances de bola parada, aproveitando o jogo aéreo. No último quarto de hora os estremocenses desperdiçaram as duas melhores oportunidades de todo o encontro, uma por parte de Soares que pressionado por um adversário não consegue rematar nas melhores condições. E a mais flagrante, quando Fábio Tracanas não consegue concretizar uma grande penalidade a castigar mão na área do Arraiolense. Pouco depois Luís Godinho apita para o intervalo com o nulo no marcador.
Para a 2ª parte pedia-se mais agressividade e principalmente mais objetividade por parte dos jogadores do CFE e entrou Fábio Silva e Ruben Caldeira para os lugares de Janota e Pucarinhas. Neste segundo tempo a equipa estremocense entrou melhor e quando até estava a dominar o encontro, ficou reduzida a 10 jogadores com a expulsão de Vasco, depois de agredir um adversário. O mister Mourão ainda tentou remediar a situação com a entrada de Ramalho para o lugar de Pinto, mas se com onze estava a ser difícil, com dez complicavam-se ainda mais as coisas. Não foi preciso esperar muito tempo para que o Arraiolense aproveitasse a superioridade númerica, quando um centro/remate acaba no fundo das redes de João Ferreira. O golo abanou a estrutura encarnada, mas não a fez cair, que tentou a todo o custo chegar ao empate, mas todos os lances esbarravam na defesa visitante que de imediato colocava na sua linha avançada e beneficiando do adiantamento dos jogadores encarnados, chegaram ao segundo golo a cerca de dez minutos do final, matando o jogo. O Arraiolos ainda poderia ter ampliado a vantagem, mas João Ferreira, um dos mais inconformado, não permitiu com um par de excelentes defesas.
Não foi sem dúvida o inicio de campeonato que o mister Mourão pretendia, há que levantar a cabeça e pensar já no próximo jogo, mas também refletir nas "asneiras" que foram cometidas nesta jornada.


CF Estremoz - Em jeito de análise podemos dizer que ainda há trabalho para ser feito, embora a filosofia de jogo se mantenha, com muita troca de bola entre defesa e o meio campo, mas quando se pede para municiar a linha atacante falha sempre o último passe. Pede-se mais agressividade principalmente na defesa. E por último, mas não menos importante, não se podem cometer "infantilidades" e deixar a equipa a jogar em inferioridade númerica, deitando tudo a perder.


Arraiolense - Aproveitou os erros do adversário muito bem, tem uma equipa bastante lutadora e agressiva (por vezes até demais). A jogar no contra ataque são bastante perigosa. Acabou por ser um justo vencedor.


Equipa de arbitragem - Decisão polémica aquando da grande penalidade assinalada a favor do CFE, mas pensamos que acertada. No capitulo disciplinar, nada a apontar em relação à expulsão, contudo poderiam também ter sido mais rigosos na mostragem de mais alguns cartões.

blog do Perolivense disse...

Divisão de pontos na deslocação a Escoural!


Domingo, a equipa da SUP teve uma deslocação difícil ao terreno do Escouralense. O jogo começou bastante dividido a meio campo e, enquanto que a equipa da casa tentava manter a posse de bola, a SUP aproveitava com rápidos contra-ataques. Ao minuto 25, a SUP apanha a defesa contrária desprevenida num rápido contra-ataque em que Cambim lança Rubén Falé e este deixa o defesa para trás e faz o primeiro golo do jogo. Após isso, a SUP não baixou as suas linhas e procurou o segundo golo, no entanto, ao minuto 38 a equipa da casa iguala a partida, numa jogada bem conseguida colectivamente. Marco, podia ainda ter feito o 2-1, em que chuta e vê a bola esbanjar no braço do defesa do Escouralense. Fora de protestos, o lance poderia ter sido analisado de forma diferente. O intervalo chegava e o resultado era justo para ambas as equipas. Vindo dos balneários, a SUP apresentou-se novamente atrevida, procurando chegar ao golo que tranquilizava de certa forma o jogo. No entanto, a equipa da casa, construíam bem o seu jogo a meio campo mas Jó e Caeiro estiveram imperiais no jogo aéreo. O jogo terminou e apesar do empate ter sido justo para as duas equipas, a sorte poderia ter decidido outro resultado. Próximo domingo, receção à A.D.C. de Santiago Maior, contamos com a presença de todos os sócios e simpatizantes!

A equipa alinhou com:

Luis Correia

Caeiro
Bruno Martins
António Padilha
Ricardo Lopes <<
Joaquim Padilha
Tó Manel <<
Rubén Falé <<
Cambim
Marco Silva

Suplentes:

Luis Murteira
David Lameira >>
Miguel Cebola
Miguel Roque >>
Jorge Cameirão >>
André Capucho
Nuno Madeira

blog do Perolivense disse...

André, Miguel, Nuno e Mário são reforços!

André Capucho, de 17 anos é reforço para a SUP. O ex- Atlético de Reguengos já tem treinado neste inicio de época com a equipa. Boa sorte!

Miguel Cebola, com apenas 16 anos é também reforço para o plantel da SUP. O defesa fez toda a sua formação no Atlético de Reguengos, tal como o André. Boa sorte!

Nuno Madeira, de 17 anos é mais uma opção válida para a frente de ataque do plantel da SUP. O médio também fez toda a sua formação no Atlético de Reguengos. Boa sorte!

Mário Guedelha, com 22 anos é também reforço. O defesa fez toda a sua formação no Atlético de Reguengos e a época transacta jogou no Monsaraz. Boa sorte!

blog do Sporting Viana disse...

Entrada a vencer!


Iniciou-se mais um campeonato distrital, à imagem da época passada, o mesmo adversário, o mesmo resultado. Vitória por duas bolas a zero numa tarde de muito calor, onde os jogadores foram sujeitos a um enorme desgaste, acabando a equipa Vianense por dar uma resposta positiva e cabal face às suas aspirações.

Acusando o primeiro jogo oficial, algum nervosismo também, a entrada no jogo não foi a melhor, acabando por a equipa da casa entrar melhor e logo nos minutos inicias, a causarem perigo junto da baliza de Majó. Luís Mendes era a referência Borbense e teve de cabeça o primeiro aviso. Esse lance mexeu com o Viana que “acordou” e sacudiu a pressão. Bitó avisou, ao tentar um chapéu, com a bola a embater na trave. De seguida, o endiabrado Baba tira dois do caminho e atira novamente à barra. Em resposta, Luís Mendes, sempre ele a ter novamente a oportunidade de marcar, num canto, mas Majó foi enorme e encheu a baliza negando o golo. O jogo estava louco, Bitó isola-se e só com o Gr pela frente não consegue marcar, na resposta é Carapinha que se isola, mas novamente Majó a negar-lhe o golo por duas vezes seguidas. O jogo estava interessante e mais ficou com o adiantar no marcador pela nossa equipa, com o miúdo Bitó e fazer um grande golo, num grande remate cruzado, quando faltava poucos minutos para o intervalo. A segunda parte foi novamente bem jogada, mas nesta etapa, a equipa de Canelas não facilitou na defesa e conseguiu controlar a partida, utilizando a posse de bola como arma e sempre que podia aproveitava o adiantamento dos homens da casa, utilizando ataques rápidos, mas na hora de finalizar, faltou clarividência. Mas tantas oportunidades que finalmente surge o segundo golo e com ele uma vitória justa da equipa que melhor argumentos apresentou na tarde de hoje. Num lance em velocidade, o recém entrado Luís Rodrigues cruza com peso e media, surgindo Baba a encostar para golo.


Objetivo alcançado, vencer na difícil deslocação a Borba, começando o campeonato com uma vitória que serve também para moralizar a nossa equipa para a próxima jornada, em Viana frente ao Oriola, num derby muito esperado.

Sp. Viana; Majó, Márinho, Setúbal, Xixa (Luís Rodrigues), Dany, Teigão, Gonçalo (Pina), Baba, Bitó (David), Conchinha e Elizito.

Não Utilizados; Letras, Farinha, Roque e Diogo.

bacalhau80 disse...

Boa tarde,

Começou o campeonato distrital e realmente já estávamos com saudades de ir à bola pra ver jogos a sério.
A tarde estava boa mas não foram muitos os que marcaram presença no Municipal (4€ em tempo de crise pode afastar muita gente...não era mau os clubes juntarem-se e solicitarem à AFE uma redução dos preços dos bilhetes! É que podem não ganhar tanto na bilheteira, mas mais gente representa muito mais bar)

Quanto ao jogo, a equipa do Sporting Viana confirmou a sua superioridade, pois é uma das equipas que vai lutar pelo titulo distrital, e conseguiu levar de Borba os 3 pontos.

A equipa do Borbense não esteve ao nivel que já demonstrou este ano, talvez acusando a pressão do primeiro jogo, pois a equipa é muito jovem. Reparei que Luis Mendes com 31 anos é de longe o mais velho da equipa, e isso agora vai custar um pouco a afirmação dos mais jovens. Ainda por cima não conseguimos concretizar algumas boas ocasiões, e depois de estarmos em desvantagem ficou tudo mais dificil. Ainda assim, esta equipa vai melhorar, pois também faltaram alguns jogadores que podem vir a ser importantes como Ruca, Bravo e Galvão por exemplo.

Do lado do Sporting Viana, a defesa não esteve muito sólida, mas depois o ataque pareceu-me que é forte e vai criar problemas a todas as equipas, sobretudo com Gonçalo e Conchinha a construir e depois os rapidissimos extremos Baba e Elizito.

Na proxima jornada o Borbense vai a Lavre e vai tentar, á semelhança da época passada em que começou com uma derrota em casa com o Viana, vencer na sua primeira deslocação. No ano passado foi golear a Canaviais, e este ano vai também a um pelado, em Lavre, onde os espera uma equipa motivada e confiante com a estreia vitoriosa no campeonato.


Quanto ao Resto da Jornada:

- O Calipolense recebeu o Portel, e apesar de ter começado a perder, conseguiu dar a volta com uma grande exibição do miudo Pipoka, que se começa a afirmar como uma das possiveis sensações deste campeonato, e com 2 golos de Parraça, que eu tive pena de não ter visto, pois acredito que tiveram uma dedicatória muito especial. Grande Parraça, és Grande! Força Amigo.

- O Benka foi a Oriola, terreno do maior candidato ao titulo distrital e não faltou muito para causar sensação, pois perdeu apenas por 3-2. A equipa da casa afirma que poderia ter goleado, mas já na época passada o Benka lá os foi surpreender;

- O C.F. Estremoz perdeu em casa com o Arraiolense, um resultado que pode ser surpreendente para alguns, mas que para outros até não foi tanto. Apesar de ter sido um jogo polémico, foi também a confirmação que o Arraiolense do Mister Canivete vai dar que falar este ano, e que a equipa de Estremoz tem de trabalhar muito para conseguir repetir os feitos da época passada;

- O Cabrela estreou-se da melhor maneira no principal escalão do distrital, pois a equipa que subiu da 2ª distrital goleou a equipa que desceu da 3ª nacional. O Redondense confirmou que ainda atravessa dificuldades, pois todo aquele impasse directivo dificultou o planeamento e inicio dos trabalhos. Do lado do Cabrela confirmou-se o que se falava aqui, pois não há futebol senior em Vendas Novas, e esta equipa poderá beneficiar muito com isso e ser a sensação desta época;

- O Santiago Maior perdeu em casa com o Lavre, num jogo entre as duas equipas que eram apontadas no inicio da época como as mais frágeis, a equipa de Lavre foi mais forte e levou os 3 pontos;

- O Escouralense e Perolivense empataram a uma bola, num jogo entre duas equipas que sofreram muitas alterações este ano e que vão lutar para entrar na Divisão de Elite. Este resultado é melhor para os visitantes, mas os da casa também ainda poderão estar numa fase de adaptação.


Abraço

Anónimo disse...

Para quem não viu o jogo, fica admirado com o resultado, mas a verdade é que neste jogo o Cabrela foi muito superior ao Redondense.
Mas há que ter a noção que o Redondense tem outras responsabilidades e outras ambições que não o Cabrela, mas neste jogo não se pode tirar o mérito a quem o tem.
O Cabrela não tem ninguém do Estrela ou melhor tem os mesmos que tinho o ano passado, apenas regressou o Tó Melgueira o Ricardo do "Futsal" e o Jorginho que há dois anos que estava retirado por motivos de estudo, regressou também o Melão do Brotense, de resto é a equipa do ano anterior.
Mas já agora se me permitem uma opinião, acho que que se o Cabrela mantiver uma grande dose de humildade poderá fazer um bom campeonato, agora claro que o Cabrela não vai ganhar o jogos todos nem o Redondense vai perder os jogos todos, foi apenas um jogo que correu muito bem ao Cabrela e que mereceu ganhar, e que correu menos bem ao Redondense e que mereceu perder, mais nada.
Boas tardes de futebol a todos, porque o povo bem merece.
Manuel João

Santiago disse...

Este domingo desloquei me a Santiago para ver um jogo ao qual pensei que iria surgir uma divisão de pontos, mas ao qual me enganei, uma equipa do Santiago de Maior muito desorientada contra uma equipa do Lavre muito forte fisicamente e muito bem orientada dentro de campo, com uma grande diana mica de jogo com rotinas muito bem estruturadas, muito forte defensivamente e com transições muito bem organizadas saindo a jogar a partir de traz.
No meu ponto de vista a equipa do Lavre vai ser uma surpresa neste campeonato pois na primeira parte ja se encontrava a ganhar por 3 a 1 podendo ter ampliado essa mesma vantagem na primeira parte!
Na segunda parte limitou se a gerir o resultado podendo tambem ter ampliado a vantagem por algumas vezes por Henrique, Passanha entre outros.

Equipa do Lavre alinhou com:
GR; Samina
DD; João Gaitas
DC; Cassola
DC; Ganso
DE; Bento
MD; Fala
MC; Paulo Martins
MC; Rúben Martins
MC; Bruno Mariano
PL; Henrique
PL; Maçã


Guarda Redes teve uma tarde tranquila
Defesa Direito muito certinho e experiente
Defesa esquerdo miúdo mas certinho
Defesas Centrais penso que será uma das melhores duplas deste campeonato
Médio Defensivo Muito lutador
Médio Direito Experiente e dinâmico
Médio Esquerdo Jovem com bastante qualidade
Médio Ofensivo Muito experiente com muita qualidade
Pontas de laça Juventude e e velocidade aliada a classe e experiência