PORQUE ENTENDEMOS QUE NOS BLOG'S DEVE HAVER UMA MAIOR SERIEDADE E TRANSPARÊNCIA, DECIDIMOS SÓ ACEITAR COMENTÁRIOS DE COMENTADORES IDENTIFICADOS
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
"Só existem dois tipos de Homens no Mundo, os que deixam obras feitas e os que nada fazem, apenas criticam."

S.C. Borbense G.U.V.B. E.F.F. S.C.B. Barbus Futsal Barbus Atletismo

AVISO: O BLOG DA FORÇA AZUL É UM BLOG PESSOAL, E NÃO É O BLOG OFICIAL DO S.C. BORBENSE. TUDO O QUE AQUI FOR PUBLICADO É DA MINHA TOTAL RESPONSABILIDADE. OBRIGADO PELA COMPREENSÃO

segunda-feira, março 12, 2012

Borbense derrota Santiago Maior

A equipa do S.C. Borbense recebeu este sábado à tarde no Estádio Municipal de Borba a equipa do A.D.C. Santiago Maior e venceu por 4-1 em jogo a contar para a 20ª Jornada da Divisão de Honra do Distrital de Évora.


Numa fase de jogos de menor dificuldade para o S.C. Borbense, esta recepção ao Santiago Maior fechava este ciclo e era importante para a equipa azul e branca vencer para somar 3 pontos e aproximar-se dos lugares da frente. Assim foi, o Borbense foi superior à equipa visitante e no final os 3 pontos ficaram em Borba.
A equipa do S.C. Borbense, treinada pelo Mister Luis Canhoto, alinhou com Armando; Tiago, Luis Espiguinha, Valter Espiguinha e Marcio; Luis Mendes, Filipe e Ruca; André, Libério e Bravo. Entraram depois no decorrer do jogo o Rikas, Vitor e Tó Manel.
O jogo começou equilibrado e disputado ao meio campo, sem nenhuma das equipas dominar, mas aos poucos e poucos o Borbense ia criando alguma superioridade, criando mesmo umas boas ocasiões em lances de bola parada. Já no final da primeira parte, uma boa jogada de André pela direita que vai até à linha e cruza, com o guarda redes Tiago Malta a interceptar, mas Ruca muito oportuno a aparecer e a rematar para o fundo das redes. Com o resultado de 1-0 chegávamos ao intervalo.
Na segunda parte competia aos visitantes ir em buca da igualdade, mas era o Borbense que criava mais perigo, e numa grande jogada de Libério, que realizou um jogo de grande nivel, actuando mesmo os 90 minutos, que já não acontecia talvez há alguns anos, remata e faz o segundo para o Borbense. Com desvantagem de 2 golos, o Santiago Maior arriscou tudo e o jogo ficou partido, tendo o Borbense aproveitado para fazer o terceiro golo, numa boa jogada pela esquerda, com cruzamento e Filipe de primeira, a rematar para o fundo das redes. Logo na jogada seguinte, o Santiago Maior foi até à área do Borbense e Marco Silva aproveitou alguma descoordenação defensiva para fazer o golo visitante e reduzindo para 3-1. Mas o Borbense estava confiante e a dominar o jogo, conseguindo ainda marcar mais um golo, numa boa jogada pela direita, em que Filipe tem um grande gesto ao deixar passar a bola e iludir os defesas adversários, tendo ficado depois Tó Manel sozinho na cara do guarda redes e não perduou, fazendo o 4-1 final com que chegámos ao final do jogo.


Esta foi uma boa vitória para a equipa azul e branca que assim aproveitou para se aproximar das equipas que estão nos lugares à sua frente.
A equipa de arbitragem liderada pelo Senhor Helder Nunes passou discreta no jogo e não teve qualquer influencia no marcador.
Na próxima jornada o Borbense tem a dificil deslocação ao terreno do lider Monte Trigo, onde já foi este ano em jogo a contar para a Taça. É um jogo de enorme dificuldade, mas os pupilos do Mister Luis Canhoto vão na esperança de conseguir um bom resultado e dar continuidade a esta marcha de 3 jogos sem conhecer o sabor da derrota.



Os resultados da 20ª Jornada foram:

S.C. BORBENSE 4 - Santiago Maior 1
C.F. Estremoz 0 - Calipolense 0
S.C. Bencatelense 1 - Perolivense 3
Escouralense 0 - Monte Trigo 4
Oriolenses 4 - Desp. Portel 3
Sporting Viana Alentejo 4 - U. Giesteira 2
Canaviais 2 - Lavre 2

Classificação:

1º - Monte Trigo - 54 pontos
2º - Sp. Viana Alentejo - 48
3º - Oriolenses - 40
4º - Calipolense - 33
5º - C.F. Estremoz - 33
6º - Escouralense - 32
7º - S.C. Bencatelense - 29
8º - S.C. Borbense - 28
9º - Desp. Portel - 21
10º - Perolivense - 20 (-1J)
11º - Santiago Maior - 16
12º - Lavre - 12
13º - Canaviais - 9
14º - Unidos Giesteira - 4 (-1J)

21 comentários:

ceboleiro71 disse...

mas que aconteceu em oriolas? ouvi na campanario que a equipa do jorge avo ia com 1-3 e ainda perderam..........o bencatelense deu a surpresa, e repito que disse na jornada anterior com empate do meu borbense, eles estao a perder gaz nesta ponta final e nao sei ate que ponto as noticias que apareceram na comunicacao social em relacao ao atraso de pagamento do referido subsdio de presenca e conflito com autarquia para desbloquear e solucionar situacao, nao tera efeito na actual situacao?
de resto tudo normal, borbense venceu, o estremoz a empatar com calipolense que so joga alguma coisita contra equipas da zona de marmores, e os grandes venceram normalmente......
forza scborbense , faltam 5 pontos para acabar em 4 lugar na tabela.

Pimenta Calipolense disse...

Para acabarem em 4º!???? Isso deve ser uma anedota não? Mas sonhar nao custa, custa sim é ganhar os jogos! Cumprimentos Pimenta Calipolense

Siquenique disse...

Borbense 4-1 Santiago Maior
(Ruca, Libério, Filipe, Tó Manel);(Marco Silva)

Estremoz 0-0 Calipolense

Sp. Viana Alentejo 4-2 Giesteira
(Peixe (3), Conchinha);(Ronaldo (2)

Canaviais 2-2 Lavre
(????);(Paulo César, Rui Godinho)

Oriolenses 4-3 Portel
(????);(????)

Escouralense 0-4 Monte Trigo
(Hugo Marmeleira (2), João Alexandre, Moreno)

Bencatelense 1-3 Perolivense
(Humberto);(Ratinho (2), Ruben Falé)

Confirmem estes marcadores e quem souber os restantes que informe aqui no blog. Obrigado

blog do Sporting Viana disse...

Dever cumprido


Na receção ao último classificado, o Viana venceu por 4 a 2, num jogo onde o forte calor foi adversário das três equipas que estiveram em campo no sintético de Alvito. Numa partida onde se esperava domínio total da nossa equipa, tal aconteceu e sem surpresas, decorriam dez minutos, já o Viana se adiantava no marcador numa grande penalidade sobre Conchinha, que Peixe não desperdiçou. O mais difícil estava feito, visto que os visitantes vinham com uma estratégia de não sofrer muitos golos. Esse golo deu ao Viana outra tranquilidade, circulou muito a bola, fazendo desgastar o adversário. O segundo golo surge perto do final da primeira parte, numa grande existência de Elizito que depois de ganhar em velocidade, ofereceu o golo a Peixe que oportuno, encostou de cabeça para golo.


A segunda parte começou mal para a nossa equipa que acusando excesso de confiança, perdeu a bola na zona defensiva, onde Ronaldo aproveitou para reduzir. Ganhava algum alento o jogo, com os visitante a ganhar mais confiança, para isso também contribuiu um festival de golos falhados pela nossa equipa e uma serie de três foras de jogo cuidadosamente marcados pelo auxiliar onde Peixe introduziu em todas a bola na baliza de Majó. Mas o caudal ofensivo do Viana era imenso e sem surpresas surge o terceiro, com o inevitável Peixe a fazer o Hattrick. Na resposta e aproveitando nova desatenção da nossa defesa, novamente Ronaldo a reduzir o resultado. Apesar do resultado, sentia-se que o jogo estava controlado e que podia-se chegar a mais um golo e depois de várias defesas de Majó que iam adiando o golo, Conchinha abriu o livro e com um grande chapéu fez o quarto golo.


Em suma, vitória justa da nossa equipa que relaxou em certos momentos, acabando por sofrer dois golos que não se esperavam, no entanto uma palavra de apreço para os visitantes que lutaram pelo resultado.


No próximo fim-de-semana, deslocação a Vila Viçosa.



Sp. Viana; Manel, Pinto Letras, Eurico, Xixa, Roque, Teigão, Henrique (Ferro), Conchinha, Elizito (Luís Rodrigues), Peixe e Farinha (Filipe Abrantes).

blog do Monte Trigo disse...

IMORTAIS...



Começam a faltar adjectivos para enumerar os feitos desta equipa.
Se na semana passada nos sentiamos espoliados na nossa própria casa e dissemos que a resposta seria dada na nossa zona de conforto, ou seja dentro de campo, não foi de forma vã.
A crença nestes miudos é algo que não se explica, o valor que irradiam por este distrito apenas e só os poderá conduzir ao apogeu.
Como as palavras que aqui se escrevem também eles são diferentes, muito diferentes...magnânimos na forma como defendem esta camisola e a honram sempre e cada vez mais.
Sem palavras que o descrevam...venham e vejam, contemplem Domingo após Domingo o lider em toda a sua grandeza.
A partida desta semana revestia-se de vital importância na caminhada do GD Monte do Trigo nesta época, o adversário desta tarde tinha sido o unico a tirar pontos á nossa equipa equipa durante a 1º. volta, mais ainda, não tinha perdido em casa e apresentava mesmo a melhor defesa intramuros.
Mas desde cedo se percebeu que a vitória seria apenas uma questão de detalhe, entramos no jogo dominadores a empurrar o adversário para o sua intermediária e o golo seria como foi dito uma questão de saber quando surgiria, estavamos imperiais e a roçar a perfeição.
Seria pois á passagem do quarto de hora e de forma irrepreensivél num remate super colocado de Xande, que o primeiro golo surgiu e que teve também o condão de ser o corolário de uma exibição individual colossal.
Até ao intervalo apenas na sequencia de lances de bola parada a bola rondou a baliza de Duarte, mas o lance de maior perigo é protagonizado pelo capitão Daniel, que desperdiça o 0-2 á beira do intervalo.
Na etapa complementar a toada foi a mesma o GD Monte do Trigo continua por cima e num rápido contra-ataque faz o 2-0 por intermédio de João Moreno que não engeita a generosidade de Hugo Marmeleira.
Seria o mesmo Hugo Marmeleira que colocaria uma pedra no assunto marcando por mais duas vezes e transmitindo um colorido diferente ao marcador.
Justo ? ....concerteza e mais poderiam ter sido pois a defesa da tarde é de Rodrigo num livre de Balixa e Gião numa bola ressacada para dentro da área atira ao lado com tudo para fazer golo.
Como nota negativa a lesão de Ratinha que ainda recentemente vinha sendo solução para Jorge Ribeiro e que agora se vê a contas com novo contratempo...que seja para breve o teu regresso companheiro.


Ficha de jogo: Duarte, Valdo, Dani, Gião e Rui Pedro, Mesquita, Balixa e Xande, Pedro Miguel, Moreno e Marmeleira.
Jogaram ainda : Juanito, Ratinha e Fausté.

blog do C.F. Estremoz disse...

2ª PARTE DE LUXO



Assim dá gosto! Possivelmente este terá sido o pensamento de muitos dos adeptos no final do jogo desta tarde entre o CFE e o Calipolense...sol, bom futebol, emoção e polémica...mas acima de tudo um grande jogo que pôs frente a frente duas excelentes equipas, recheadas de excelentes executantes.
Com os regressos "dos do costume", Mister Mourão, como vem sendo habitual, fez entrar um onze diferente do da semana passada, com as entradas do capitão David e de Arquista para a defesa, Pinto regressou à sua posição habitual no miolo do terreno, e Tracanas deu velocidade à linha atacante.
O Calipolense entrou melhor e dominou o encontro no primeiro quarto de hora, onde desperdiçou a sua melhor oportunidade de golo, com Parraça a ganhar no confronto directo com Ferro, mas já frente a Belchior o melhor que conseguiu foi pregar-lhe um valente susto com o remate ao lado. Este falhanço por parte dos visitantes pareceu acordar os estremocenses que até ai pareciam bastante apáticos e com algum receio do adversário, mas aos poucos equilibraram o jogo e empurraram a equipa adversária para o seu meio campo. Os encarnados conseguiram por diversas vezes criar perigo com rápidos lançamentos para as costas da defesa do Calipolense, aproveitando o ponto fraco do central Américo, a velocidade, mas a restante defesa conseguia fazer as dobras e remediar a situação e afastar o perigo. Os últimos dez minutos foram novamente dominados pela equipa visitante, mas desta vez não criou verdadeiro perigo. Ao intervalo registava-se o nulo.
Para a segunda parte o CFE regressa ao campo com o mesmo onze, mas com outra atitude, outro crer e vontade de vencer o encontro. Foram 45 minutos de domínio quase por completo por parte do CFE, em que o Calipolense o melhor que conseguiu foi a espaços aliviar a pressão a que foi sujeito. Tracanas que na 1ª parte quase nem se viu, nesta segunda metade foi um quebra cabeças para a defesa visitante, auxiliado pelo incansável Soares e a força de Ruben Caldeira. Num curto espaço de tempo a equipa da casa desperdiça várias oportunidades de inaugurar o marcador, algumas delas escandalosas, onde se realça uma arrancada de Ramalho pelo corredor esquerdo a fazer o centro rasteiro para a pequena área e Ruben Caldeira em desequilíbrio falha, quando aparecia Tracanas nas sua costas. Jogo sem polémica não é jogo e neste capitulo podemos dizer que CFE saiu prejudicado em dois lances que podiam ter sido cruciais. No primeiro reclamou-se grande penalidade quando Ramalho tenta centrar para a área e a bola é interceptada pelas mãos de Américo...podemos afirmar quase com 100% de certezas que ficou penalti por assinalar. A segunda situação foi uma jogada bastante rápida, onde aparece Tracanas isolado e o lance é interrompido por suposto fora de jogo...ficou a dúvida. Mister Mourão mexe na equipa com a entrada de Deco para o lugar de Arquista que sai por lesão, Pucarinhas e Pica substituem Soares e Tracanas, respectivamente, e o melhor ainda estava para vir com os últimos quinze minutos verdadeiramente sufocantes para o Calipolense que defendia como podia e via na mesma jogada Pica, com a baliza escancarada, permite a defesa do guarda redes e na recarga Fábinho também não conseguiu fazer o golo. Pouco depois surge o apito para o final para alivio da equipa visitante.
Se na 1ª volta o empate conseguido em Vila Viçosa foi arrancado a ferros e até algo injusto para os da casa, desta vez e pela excelente 2ª parte por parte do CFE o empate soube a muito pouco.

blog do C.F. Estremoz disse...

Belchior: Pode-se dizer que teve um verdadeiro susto ainda na 1ª parte, mas teve uma 2ª parte tranquila. Bastante seguro.

David: O patrão da defesa, sempre muito intreventivo quer com a bola nos pés, quer a falar com os companheiro, sem dúvida foi "o capitão".

Ferro: Teve alguma dificuldade inicial em travar a velocidade de Parraça, mas aos poucos e poucos conseguiu entrar no jogo. Embora não tenha comprometido, sabemos que consegue fazer melhor.

Arquista: Estava a fazer um bom jogo, com agressividade a defender e até arriscou no ataque...pena a lesão.

Ramalho: Imprecionante! Foi o homem do jogo pelo que correu, pelo que defendeu, pelo que atacou...e fê-lo sempre bem! Grande jogo.

Pinto: Pareceu entrar um pouco apático, mas depressa se posicionou no terreno e assumio o papel de pronto socorro do meio campo. Cada vez mais demonstra grande maturidade.

Abegão: A par de Ramalho foi outra grande exibição. Dá gosto vê-lo a diambular no terreno, ora está na esquerda, ora na direita, os seus passe teleguiados...o patrão do meio campo.

Fábinho: As suas fintas curtinhas, as mudanças de velocidade e o transporte da bola para o ataque, faz dele uma peça importantissima neste xadrez...poderia ser ainda mais influente não fosse o receio de ir ao choque e o defender pouco.

Soares: Cansa ver este homem jogar, só ele desgasta uma defesa. Esteve em quase todos os lances de perigo e em quase todos os contra ataques da equipa.

Tracanas: O Tracanas da 1ª parte quase nem se viu. O Tracanas da 2ª parte já foi aquilo que nós conhecemos e estamos habituados... rápido, oportuno e nunca dá um lance por perdido.

Ruben Caldeira: Temos um jogador em transformação, aquele que sempre foi conhecido como "matador" está a adaptar-se a outras funções na ala esquerda... a servir os "matadores" que aparecem na área. Pouco móvel, mas muito lutador. Bom jogo aéreo.

Deco: Substituiu Arquista e cumpriu o que lhe foi pedido. Seguro a defender.

Pucarinhas: Entrou frio num jogo bastante quente...ainda conseguiu utilizar uma das suas melhores armas...segurar a bola para servir os colegas.

Pica: Este em campo o tempo suficiente para desperdiçar um golo quase feito...talvez alguma falta de calma (experiência)...ficou a sensação se tivesse entrado mais cedo teria feito ainda mais estragos naquela defesa.

Anónimo disse...

Grande jogo e enorme gesto técnico,simplesmente suberbo golooooooooo do jogador do Viana CONCHINHA deseu nome,enorme jogador!!!mts parabens.

bacalhau80 disse...

Ora bons dias, cá estamos nós em mais uma ressaca de uma jornada do Distrital.

No sábado fui ver o Borbense, pelo menos o jogo todo, o que já não acontecia há 3 jornadas.
Mais uma vez confirmou-se aquilo que venho aqui dizendo a algum tempo, pois aqueles jogos onde o Borbense não pode falhar, não tem falhado, e por exemplo podemos ver que temos as duas vitórias com o Santiago Maior, as duas vitórias com o Canaviais, vamos certamente ter também as duas vitórias sobre a Giesteira e sobre o Lavre, temos vitória e empate com o Perolivense, com o Benka, e devemos ir ter com o Portel. Os outros, na verdade são um pouco mais fortes e temos tentado o melhor possivel.

Quanto a este jogo, o Borbense foi um justo vencedor pois foi claramente superior ao adversário. Se calhar os numeros são exagerados, mas falava-se nas bancadas que os "sacaios" não treinam e talvez isso também tenha influenciado.

Quanto aos jogadores do Borbense, queria destacar sobretudo 3.
O Valter, que desde que voltou veio trazer mais estabilidade á nossa linha defensiva e é um central que nos fazia muita falta.
O Filipe que me parece que este foi o ano da sua afirmação, com mais um grande jogo coroado com um golo e um promenor de génio de oferece outro golo.
O Libério que fez um jogo como já há algum tempo não tinhamos o prazer de ver. Teve grandes gestos técnicos, lutou os 90 minutos (sim, os 90), marcou um golo, assitiu...voltou o grande Libério?

Na próxima jornada vem ai a dificil deslocação a Monte Trigo, onde os ultimos resultados não têm sido nada bons. Mas penso que o importante mesmo não vai ser esse jogo, o importante é não perder jogadores para depois os outros 5 desafios que ficam a faltar, e onde o Borbense tem boas possibilidade de somar mais de uma dezena de pontos e entrar na primeira metade da classicicação.

Como o jogo do Borbense foi no sábado, no domingo aproveitei para ir a Estremoz ver um derby dos Mármores. Mas a verdade é que comprovei que derby é o Borbense - Calipolense. Aquilo é apenas um jogo entre dois bons clubes que têm sede a cerca de 15 km de distancia.
No derby com o Borbense, o Calipolense apresentou-se na sua máxima força, com jogadores que treinam, que não treinam, que pensam em treinar, etc... mas ontem vi uma equipa bem diferente, com muitos remendos e a jogar mesmo com 7 defesas, 1 guarda redes, 1 médio centro, 1 médio ofensivo, 1 ala e um junior.
Do outro lado vi um Estremoz praticamente na máxima força e que fez mesmo mais para ganhar o jogo, tendo algum azar sobretudo com a arbitragem, que teve influencia no resultado, e ficou pelo menos um penalty claro por marcar e alguns fora de jogos mal assinalados.
Mas o que interessou foi o resultado e com o empate as duas equipas continuam muito igualadas e vão para esta fase final ombro a ombro a lutar pelo 4º lugar. Melhores noticias para os estremocenses que ainda estão na taça.

bacalhau80 disse...

Quanto ao resto da jornada:

O Monte Trigo foi golear a Escoural, num jogo onde eu esperava mais equilibrio, mas com esta importante vitória, os montriguenses podem ter dado um grande passo rumo ao titulo. Os de Escoural começam a ficar já muito longe do 3º lugar e o objectivo tem mesmo de ser o 4º;

O Sporting Viana recebeu e venceu a Giesteira. Se calhar com algumas dificuldades a mais do que se esperava, mas também me parece que o Mister Canelas aproveitou para colocar jogadores que ainda tinham poucos minutos. Boa gestão e que lhe permite continuar á espera da falha do lider;

O derby do concelho de Portel foi o jogo mais emocionante da jornada, pois se ao intervalo os de Portel venciam por 3-1, permitiram que já perto do final do jogo, os de Oriola dessem a volta e vencessem 4-3. Com esta vitória o Oriola praticamente confirma a 3ª posição, enquanto que o Portel, cuja equipa técnica estava em Borba a observar o jogo, continua muito abaixo e já impossivel de entrar na primeira metade da classificação;

O duelo entre aflitos, o Canaviais não conseguiu beneficiar do factor casa e não foi além do empate a duas bolas com o Lavre. Resultado que é mais positivo para os visitantes, que assim continuam com 3 pontos de vantagem;

Em Bencatel, parece que o Benka está a perder gás e foi derrotado pelo Perolivense. Fala-se em ordenados em atraso, mas não sei se será isso que está a afectar o rendimento da equipa. O que é certo é que tinha 2 jogos para ganhar e somar 6 pontos, em que se os ganhasse neste momento estava isolado na 4ª posição. Quanto ao Perolivense parece estar a subir de forma e já garantiu a manutenção, mas agora ainda quer escalar algumas posições.

Abraço e até mais logo

BYNNYA88 disse...

Bom dia .................
Quanto ao jogo é daqueles jogos que todo te sai mal (excepto o golo)poix ganhou quem foi maix eficaz.
O meu BENKA até nao foi inferior poix até foi BASTANTE superior a equipa do pirolivense.
Com uma posse de bola a rondar os 85 porcente max nao é isto que ganha.
Quando se falham tantos lançes de golo e se acerta umas 127 vezes a bola nos férros nao se pode ganhar .
Parabens ao pirolivense poix sai de BENCATEL com grande resultado.

VIVA A RUSSIA !|!!!!!!!!

Libato 61 disse...

Jornada Normal a não ser a derrota do Bencatel em casa.
A vitória do M.Trigo em Escoural deve ter "arrumado" de vez com a questão do titulo se é que duvidas ainda havia;

O Calipolense empatou em Estremoz, novamente com algumas baixas importantes, foi 1 resultado positivo e colocou a equipa novamente no 4º lugar, lugar que, tal como na última época é o 1º dos outros, pois quem está á frente é melhor, investiu mais e apostou mais;
Domingo é o Viana, jogo c/grandes jogo de ganhar, oxalá estejam todos, o que infelizmente raras vezes acontece;

Por ultimo AGRADECER os incentivos que o nosso amigo BACALHAU todas as semanas ENVIA AO CALIPOLENSE, daí este "espicaçar" funcionar sempre, ou quase sempre, nos jogos com o Borbense, continua, O PLANTEL AGRADECE;
Venha a próxima.

Atento disse...

O Borbense deve é começar a pensar em reestruturar a equipa, fui ver no Sábado e vi um Libério sem dúvidas bem, o Ruca bem, pois cada um com um golo e uma assistência, mas a pedalada para eles está a terminar. Vejam bem isso e com tempo.
ABraço a todos e bom resto de campeonato.

MANUEL DUARTE disse...

Grande jogador meus senhores que anda pelos lados de Viana de nome Conchinha,muito corre,muito joga e faz jogar muito bem sim senhor gostei de ver.

ceboleiro71 disse...

o adepto atento tem toda a razao, alias eu se fosse o Benjamim trcava a equipa senior pela dos iniciados e tinhamos equipa para 20 anos.......a pensar! ruca e liborio,galvao,mendes,januario e outros velhos que continuem muitos anos e esta epoca a finalizar em primeiros das equipas da zona de marmores....

viva a bola

J.E.2 disse...

Nem sei que dizer daquilo que vi esta tarde no Escoural, a equipa do Mt Trigo dizimou o nosso clube e aplicou chapa quatro sem qualquer tipo de contestação. O jogo começou equilibrado com a bola a rondar as duas areas mas sem haver grandes oportunidades de golo. Os visitantes tentavam transições rápidas e o Escoural aproveitava todas as bolas paradas para incomodar o Mt Trigo. Por volta dos 20 minutos haveria o primeiro golo da partida, jogada do lado esquerdo do ataque dos encarnados a bola é endossada para a entrada da area onde aparece um jogador a rematar de primeira, com a bola a ir colocadissima, O nosso Gr bem se esticou, mas a bola bate no poste e vai para dentro da nossa baliza. O Escoural não acusa o toque e consegue fazer mais duas ou três jogadas atá ao intervalo que poderiam ter sido melhor trabalhadas. A grande oportunidade neste periodo é do Mt.Trigo que num canto vê um jogador falhar a baliza. Os ultimos 5 minutos da primeira parte foram um espelho do que viria a ser toda a 2ª parte, o adversario começou a lançar contra a taques rapidissimos. No Escoural, Benavente e Charrua estavam com enormes dificuldades nas faixas laterais, Aldeias batalhava quase sozinho no meio pois nesta fase do jogo Pinheiro esteve um pouco perdido, Xaras dava qualidade e posse de bola, Balão e Pires estavam hoje muito desinspirados.
A segunda parte começa com a jogada que poderia ter mudado o jogo, Nhau faz uma diagonal espectacular, executa um cruzamento remate e Paulo Pinheiro ao segundo poste e sem ninguem na baliza consegue falhar a bola. O Escoural em termos descernimento atacante acabou aqui e logo aos 50 minutos!!! A partir daqui reinou a equipa que hoje foi mais forte e começou o descalabro da nossa equipa. Num lance em que o ponta de lança adversario passa por Soares, isola-se e perante o desamparado Rodrigo dá para um colega que vinha ao seu lado, que encosta e faz 0-2 no marcador. Pior, o Escoural neste lance perde Soares, pois lesiona-se ao que parece com alguma gravidade.( Desejo-te as melhoras,pois és um jogador que todos nós no Escoural gostamos, pois dás sempre o que tens e tens muita qualidade). O Mt Trigo depois tem uma bola onde um jogador falha dentro da pequena area. Por volta dos 70 minutos surge o terceiro golo, quase uma cópia do segundo golo, três contra um, o central fica batido e depois aparecendo dois para um só com Rodrigo foi facil fazerem o golo. O Escoural estava completamente à nora. As substituições não resultaram e a equipa afundava-se. O Mt.Trigo tem mias um livre a dois, três metros da nossa area, a bola é batida na gaveta, mas aparece Rodrigo com uma defesa impressionante, tentando que não se consumassem mais golos. Até que a 5 minutos do fim mais uma vez aparece isolado o ponta de lança do Mt Trigo que após galgar 30 metros com a bola bate novamente o nosso Keeper, assim era complicado até mesmo para o Rodrigo... Apesar deste ascendente dos visitantes é justo dizer que o jogo foi muito bom : Sol, publico, três equipas boas, se houvessem mais jogos como este haveria mais pessoas nos campos de futebol. O Escoural foi um derrotado com muita dignidade e se perguntarem a quem viu podem dizer que até ao fim os nossos jogadores lutaram e correram até à exaustão, mas do outro lado esteve uma grande equipa. A minha mensagem como adepto do Escoural, é dizer quer aos jogadores, trienadores e directores, que pelas pessoas com quem falei ficaram orgulhosos do vosso esforço e entrega. Nunca se esqueçam que por morrer uma adorinha não acaba a primavera!!!

FORÇA RAPAZES!!! FORÇA G.E.E!!!

blog do Futebol Distrito Évora disse...

Melhores Marcadores da Divisão de Honra


---» 21 Golos
Hugo Marmeleira (Monte Trigo)

---» 17 Golos
Peixe (Sp. Viana Alentejo)

---» 9 Golos
Luis Coxola (Sp. Viana Alentejo)

---» 8 Golos
Fábio Silva (Estremoz)
Hugo Bragança (Portel)
João Alexandre (Monte Trigo)

---» 7 Golos
Vitor Pires (Escouralense)
Fausté (Monte Trigo)
Rubén Caldeira (Estremoz)
Ruca (Borbense)
Rubén Falé (Perolivense)
Cristo (Oriolenses)

---» 6 Golos
Carapinha (Calipolense)
Paulo Pinheiro (Escouralense)
Luis Balão (Escouralense)
Cainó (Oriolenses)
Marco Silva (Santiago Maior)

blog do Perolivense disse...

Rato man of the match...



Bencatelense 1 - 3 Perolivense


A nossa equipa deslocou-se a Bencatel, e venceu por três bolas a uma.
A equipa da casa entrou melhor no jogo, aproximava-se mais da nossa baliza enquanto a nossa equipa em trasições rápidas é que criava perigo.
Foi numa dessas jogadas, pé para pé, até chegar a Ruben que tabelou com Ratinho que num momento de classe, fez um golão, estava feito o 0-1.
A nossa equipa tava por cima do marcador, a equipa da casa colocava muitos homens na frente, e a defesa ficava um pouco desguardada, a SUP aproveitou isso, bola colocada por cima da defesa da casa, Ruben em velocidade ganha posição ao defesa e só com o GR faz o 0-2.
Na segunda parte, aos 10 minutos Jó coloca a bola em Cambim que "saca" um cruzamento com a medida certa, Ratinho encosta para o 0-3 e bisa na partida.
A partir daí o Bencatel arriscava tudo e era nas bolas paradas que surgia o verdadeiro perigo, e foi mesmo através de um canto que o avançado da casa, num primoroso golpe de cabeça reduz para 1-3.
O Bencatel arriscava cada vez mais, podia ter marcado como a nossa equipa, lembrando um remate de Cambim á queima roupa, o GR da casa faz uma enorme defesa.
Próxima jornada sabádo no campo virgilio durão em Reguengos de Monsaraz, pelas 18h.

Equipa Inicial
1-Fábio Lameira
3-Ratinho
4-Jorge Conde (cap)
7-Cambim
10-Nuno Bernardino
13-Tiago Rosado
18-Francisco Lucas
21-Pedro Xavier
22-Jó
23-Mário Amélio
25-Ruben Falé

Entraram:
5-Márcio Silva
20-Tiago Medinas

bacalhau80 disse...

Bons dias,

Já não havendo muito a dizer sobre esta jornada, venho só dizer ao amigo Libato61 que é muito bem mandado e também é só já mesmo para o que vai servindo. Dá-lhe gás, continua assim que estás bem. Pergunta lá se é para dizeres mais alguma coisa e diz, não tenhas problemas rapaz.

Quanto ao "Atento", olha que esteve pouca gente no sábado na bola pah ehehe
Penso que o que dizes não é muito certo, pois se é verdade que os jogadores já não têm a frescura de outros anos, não podes chamar velho a um jogador que tem 30 anos (Ruca e Mendes) ou 31 (Galvão e Armando). O Libério sim já está numa idade um pouco mais avançada (36) mas a qualidade ainda lá está e no sabado demonstrou-o bem.
Penso que as coisas não são assim tão lineares e um jogador não deve deixar de jogar quando chega a uma certa idade, deve sim deixar quando se vê que o seu lugar já está ocupado e bem por um jovem.
Por exemplo no domingo fui a Estremoz e vi na equipa inicial do Calipolense o Americo, Fernando e Rosado, que juntos somam mais de 100 anos e bateram-se muito bem, não se notando que eram mais velhos ou mais novos.
Sou sempre a favor de rejuvenescimento das equipas, mas sempre que os jovens demonstrem estar melhor que os tais velhos e consigam levar bem o barco a seu porto.

Abraço

Anónimo disse...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ viagra
http://commanderviagragenerique.net/ commander viagra
http://viagracomprargenericoespana.net/ generico viagra
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ acquistare viagra

Anónimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ achat viagra
http://prezzoviagraitalia.net/ prezzo viagra
http://precioviagraespana.net/ viagra